top of page

Concertos UNIMED - 2022
Entrada Franca
23 de novembro
Centro Cultural UFG

20h00

José Staneck, gaita

Flávio Augusto, piano

19-08-2018 - foto Silvio Simões 0028.JPG

A busca por diferentes sonoridades e de novas formas de expressão: esta é a razão para a formação deste duo formado por músicos com grande experiência camerística como José Staneck e Flávio Augusto. A fusão de seus estilos através de um repertório incluindo compositores brasileiros e internacionais, resulta numa verdadeira conversa musical valorizada pela riqueza tímbrica da harmônica e a solidez do grand piano. Formado a 10 anos, o duo já se apresentou em diversas capitais do Brasil, participou dos mais importantes festivais e gravou, ao lado do violoncelista Antonio Del Claro, o CD “Tributo a Guerra-Peixe”, com versões para esta formação de composições do autor.

José Staneck, gaita

Chamado de David Oïstrakh da harmônica pelo crítico francês Oliver Bellamy e comparado aos músicos Andrés Segovia e Mstislav Rostropovich por sua atuação no desenvolvimento e divulgação de seu instrumento pelo crítico Luiz Paulo Horta, José Staneck tem um estilo próprio onde elementos tanto da música de concerto quanto da música popular brasileira e do jazz se fundem a serviço de uma sonoridade e expressividade marcante. Estudou harmonia funcional com Isidoro Kutno, análise estética com o maestro e compositor H.J. Koeullreutter e interpretação com Nailson Simões. Em 2007, obteve o título de Mestre em Música pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO. Como diretor durante 15 anos da Musiarte Curso Integrado de Música, desenvolveu importante trabalho na área do ensino, e atualmente viabiliza um trabalho social de inclusão cultural, atendendo a comunidades carentes e projetos sociais, levando o ensino de música através da gaita para crianças em diversos locais do Brasil. Atua com diferentes formações camerísticas, e já foi solista de diversas orquestras sinfônicas brasileiras e internacionais.

Em 2017, como parte das comemorações dos 130 anos de nascimento de Villa-Lobos, toca e grava o Concerto para Harmônica e Orquestra com a Orquestra Sinfônica de São Paulo – OSESP, sob a regência do maestro Giancarlo Guerrero.

Flávio Augusto, piano

Detentor de 28 primeiros prêmios em Concursos Nacionais e Internacionais de Piano, em 1988, tornou-se o primeiro brasileiro a conquistar o 1º lugar do Concurso Internacional de Piano “Villa-Lobos”, no Rio de Janeiro. Natural de Poços de Caldas (MG), iniciou seus estudos de piano aos quatro anos de idade, tendo como professores os pianistas Homero de Magalhães, Gilberto Tinetti e Myrian Dauelsberg. Concluiu os cursos de Bacharelado em Piano e Licenciatura em Música pelo Conservatório Brasileiro de Música do Rio de Janeiro; Pós-Graduação em Filosofia pela Universidade Estadual de Montes Claros, MG; e Mestrado em Piano – Práticas Interpretativas – pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente, é Doutorando da mesma Instituição. Desde os treze anos têm sido solista das principais orquestras do País, em palcos importantes como os Teatros Municipais do Rio de Janeiro e de São Paulo, a Sala Cecília Meireles do Rio de Janeiro, o Teatro Nacional de Brasília e a Sala São Paulo. No Brasil, já se apresentou em quase todos os Estados, atuando isoladamente ou ao lado de grandes cantores e instrumentistas. No exterior, já se apresentou em importantes salas de concerto dos Estados Unidos, França, Alemanha, Inglaterra, Holanda, Suíça, Itália, Espanha, Portugal, Bélgica, Áustria, Finlândia, Nova Zelândia, África, Venezuela, Perú, Chile, Paraguai, Guatemala, Caribe e Costa Rica. Sua discografia inclue, atualmente, 13 CDs e 1 DVD – gravações solo (como a primeira gravação mundial dos “50 Estudos para Piano” do compositor Johann Baptiste Cramer) e de câmara (ao lado do “Trio Aquarius”, dos violinistas Daniel Guedes e Ricardo Amado, do gaitista José Staneck e do violoncelista Antonio Del Claro), entre outros. Em setembro de 2004, passou em 1º lugar no concurso público para “Músico – Pianista” da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É frequentemente convidado para participar como jurado dos mais importantes concursos nacionais de piano, assim como ministrar aulas de Piano e Música de Câmara nos principais Festivais de Música do país.

PROGRAMA

Edino Krieger

Brasiliana

 

F. Chopin

Prelúdio op. 25 n.15

 

Antônio Carlos Jobim

Matita Perê

 

F. Chopin /Antônio Carlos Jobim

Prelúdio op.28 N.4  -  Insensatez

 

Radamés Gnattali

Valsa triste

 

A. Piazzolla

Adios Nonino

 

C. Guerra - Peixe

Mourão

 

H. Villa - Lobos

Bachiana nº 4 - Aria

Trenzinho do Caipira

 

José Staneck, gaita

Flávio Augusto, piano

bottom of page